Day McCarthy faz nova declaração e o que diz surpreende até mesmo Giovanna Ewbank. Veja

A socialite Day McCarthy tem se tornado famosa na web, mas não por coisas boas.

A mulher que diz ser escritora e mora em Los Angeles, Estados Unidos, dispensou diversos comentários racistas a Titi, filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Além dessa polêmica com a família Gagliasso, a moça ainda disse que teria um vídeo da cantora Anitta usando drogas.

Nova declaração

Depois de muita repercussão e polícia sendo envolvida por parte dos ofendidos, Day McCarthy faz novas declarações que deixou muita gente surpreso.

“Eu resolvi fazer aquele vídeo pois sofro com racismo na internet. Eu também sofria muito bullyng na escola por ser pobre, por ser gorda, por ser feia. Eu sempre fui na delegacia e ninguém dava ouvidos. As pessoas também me chamavam de ‘macaca’, de ‘preta’, ‘nariz de Michael Jackson’, me atacando no Instagram. Eu recebo muitas ofensas de racismo e ninguém faz nada por eu não ser filha de famosos, não ser filha de ricos. Assim como ela é negra, eu também sou negra. Então eu achei hipocrisia isso. As pessoas estavam me xingando, me ofendendo pela minha aparência, vão lá no instagram do Bruno Gagliasso e chamam a menina de linda?”

 

A polícia também confirmou que a jovem já foi presa em 2015 por ‘manter ou frequentar prostíbulo’.

Na ocasião, Day disse que contratou uma moça para o aniversário de seu marido.

Pedido de desculpas

Day ainda se pronunciou para pedir perdão por suas palavras. Leia na íntegra:

“Peço desculpas a todos que ofendi. Espero que entendam, eu estava sob uso de remédios muito fortes. A partir de hoje, vou ajudar instituições e pobres”

O pedido, entretanto, foi bem tímido. Ela colocou no espaço de ‘bio’ do seu Instagram!