Grávida que tirou fotos com 20 mil abelhas tem notícia horrível no parto: ‘Eu nunca imaginei’

Emily Muller ganhou destaque na mídia há algum tempo, por ter realizado um ensaio de gravidez insano!

A mulher que vive em Ohio, EUA, e tem 33 anos, resolveu incrementar algo surreal em suas fotos de gestante.

Sendo um sonho de infância, a jovem pediu ao marido para lhe ajudar no que queria: Pousar ao lado de milhares de abelhas.

O marido que trabalha com extermínio desses insetos atendeu o pedido de sua amada e assim foi feito os registros fotográficos!

Irresponsabilidade?

O sucesso que o casal fez na internet foi gigante e apesar de receberem elogios, alguns criticaram a atitude julgando como irresponsável.

O argumento de quem criticou era simples, se Emily fosse picada por essas abelhas poderia ter até complicações no parto, se fosse o caso.

Ao contrário do que diziam, a jovem não recebeu nenhuma picada e prometeu usar suas redes sociais para deixar todos atualizados sobre sua gravidez.

Triste notícia

O bebê que receberia o nome de Emersyn Jacob, nasceu morto.

Desolada com o acontecimento, Emily disse em seu perfil no Facebook que ‘Jesus precisava de um apicultor no céu e acabou levando Emersyn’.

O casal já tinha três filhos e esse seria o quarto. Em certa altura da gravidez, Emily notou algo estranho. Ela não sentia mais a mobilidade no seu útero.

Após agendar uma consulta, teve essa triste revelação dos médicos.

Causa da morte

A causa da morte não foi divulgada pelo hospital, mas pessoas na web afirmam ter sido as abelhas.

E você? O que acha que causou esse triste infortúnio?