Veja 18 dicas essenciais para evitar o desperdício de alimentos em sua casa

O desperdício abundante de alimentos é muito comum e está se tornando um assunto muito grave, por isso é muito importante debater sobre isso. Com o grande aumento da população mundial, a produção em massa de alimentos vem crescendo muito, devido a grande demanda. De acordo com um relatório, se continuarmos produzindo e mantendo esse modelo de consumo atual, infelizmente em um futuro bem próximo não terá água e alimento para as próximas gerações, fazendo com que a disputa pelos recursos entre países aumentem cada dia mais.

Por mais que isso pareça contraditório, um relatório realizado pelo Estado de Insegurança Alimentar no Mundo, no ano de 2012 revelou que, aproximadamente 13 milhões de brasileiros sofrem com a fome ou com a desnutrição, enquanto que 30% de toda a produção agrícola são cruelmente desperdiçadas.

Outra pesquisa realizada pelo Instituto de Engenharia Mecânica do Reino Unido (IMechE) apontou que cerca da metade dos alimentos produzidos mundialmente vão para o lixo e grande parte desse desperdício ocorre dentro de casa.

Para que você colabore com a redução da emissão de poluentes e na economia de água, reunimos abaixo algumas dicas ensinando você a evitar o desperdício de alimentos dentro de seu lar, acompanhe:

 

Quanto aos seus costumes:

 

Lista de alimentos

É muito importante você fazer uma parada obrigatória em sua despensa e geladeira, especialmente antes de ir as comprar. Observe atentamente quais são os alimentos que você realmente precisa comprar e evite fazer estoque com muitos alimentos repetidos.

Validade

Quando for cozinhar, olhe a validade dos alimentos e escolha aqueles que estão próximos do vencimento da validade. Reserve um caderno e anote quais são eles, realizando uma lista e deixando sempre visível, pois isso fará com que você não se esqueça de usá-lo.

Periodicidade

Se você costuma ir ao mercado somente uma vez por mês, passe a ir ao mercado mais vezes e compre menos produtos, levando para a casa somente aqueles que você vai usar durante a semana. Esse costume fará com que você consuma alimentos frescos e automaticamente reduzirá o desperdício.

Promoções

Se você adora aproveitar as promoções relâmpagos que costumam acontecer nos mercados, saiba que isso é realmente irresistível, porém é a grande vilã do consumo exagerado, principalmente porque isso estimula a compra de muitos produtos repetidos. Quando você decide levar para casa vários produtos com a mesma finalidade, isso faz com que eles facilmente ou fiquem esquecidos no fundo da dispensa, por isso fique atento.

Acondicionamento

Antes de você guardar as verduras, legumes e frutas na geladeira, é essencial que você faça uma boa higienização e seque-as com um pano limpo. Depois de consumir, armazene os alimentos que sobraram dentro de embalagens fechadas, pois isso fará com que você consiga evitar a proliferação de bactérias.

Planejamento

Não deixe de planejar rigorosamente as suas compras. Faça uma lista com todos os alimentos e produtos que estão em falta, só depois disso vá ao mercado.

Aproveitamento

Você precisa aprender a aproveitar o máximo dos alimentos, pois é possível reaproveitar partes não convencionais, como as cascas de frutas e sobras de legumes. Não descarte algo que pode ser consumido.

Aparência

Se um legume ou fruta estiver com uma aparência feia em algumas partes, isso não significa que você precisa jogar todo o alimento. Basta você cortar as partes que estão com uma aparência nada legal e usar o que sobrou, não necessitando destinar o alimento inteiro no lixo.

Quanto aos seus alimentos

Queijos

 

Antes de concluir que o queijo está completamente estragado e precisa ser rapidamente descartado, saiba que ele pode permanecer sem estragar de cinco dias a um mês, se armazenados dentro da geladeira. Aqueles mais molinhos, como minas e ricota, aguentam por aproximadamente 5 dias, enquanto os mais duros, como o queijo parmesão e provolone, apresentam maior tempo de conservação, se forem armazenados adequadamente. Se você notar que o alimento está apresentando pontos esverdeados em sua superfície, jogue-o, pois se consumido poderá oferecer algum risco a sua saúde.

Vinhos

veja como evitar desperdiçar alimentos

Se você adora apreciar um bom vinho, saiba que o aconselhável é tomá-lo em um dia porque, depois de aberto, os vinhos costumam apresentar forte oxidação – o oxigênio entra na embalagem e reage com a bebida, podendo modificar o aroma, sabor e cor. Se você deseja prolongar a vida da bebida e não jogá-la fora, basta comprar o vinho com tempero, pois isso fará com que ele dure por aproximadamente um mês.

Legumes, frutas e frutas

veja como evitar desperdiçar alimentos

Se você higienizar e secar seus alimentos antes de armazená-los na geladeira, certamente eles vão durar muito mais. Com exceção das frutas tropicais, como o abacate e banana, que, se forem para a geladeira, vão apresentar uma cor escura e o sabor alterado.

Fermento

veja como evitar desperdiçar alimentos

Se você costuma comprar o fermento químico em pó, saiba que ele dura por até seis meses se for armazenado na geladeira, sem alterar o crescimento do seu bolo. Já os fermentos biológicos, que é usado para fazer pães, não devem passar de três dias depois de abertos, pois contém leveduras, o que faz com que o produto não apresente o resultado esperado depois desse período.

Comida pronta

veja como evitar desperdiçar alimentos

Se após a refeição você notar que sobrou muita comida, guarde as sobras em potes bem fechados e leve-os para a geladeira. Feito isso, a comida pronta poderá ser consumida por até três dias, depois desse prazo, ela poderá oferecer algum risco de intoxicação.

Carnes

veja como evitar desperdiçar alimentos

Não devemos esquecer de que as carnes possuem um alto nível de pegada hídrica (consomem água durante a sua produção), por isso, é necessário procurarmos algumas alternativas para repor as proteínas. Se você não costuma preparar a carne logo depois da compra, o correto é congelá-la para que o alimento dure mais (aproximadamente dois dias), ou então, embale a vácuo, pois isso fará com que o tempo de vida do alimento seja ainda maior.

Manteiga

veja como evitar desperdiçar alimentos

O produto costuma aguentar por até três meses se for armazenada na geladeira, pois ela apresenta bastante gordura em sua composição. O que pode acontecer depois desse período é surgir uma camada amarela escura, e se isso acontecer, você pode raspá-la e voltar a consumir o produto normalmente.

Enlatados

veja como evitar desperdiçar alimentos

Depois de abertos, esses alimentos podem ser consumidos em até cinco dias. No entanto, é recomendado evitar esses tipos de alimentos, pois de acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos, alimentos enlatados fazem mal a saúde e quem costuma se alimentar com eles podem ficar expostos a compostos como ftalatos e bisfenol-A, sem contar a grande quantidade de conservantes e sódio que eles carregam em sua composição.

Leiteveja como evitar desperdiçar alimentos

Se você comprar o alimento pasteurizado, ele deve ser consumido em um dia, pois azeda com muita facilidade, ao contrário do longa vida, que pode durar entre três a quatro dias se conservado na geladeira.

Mostarda, maionese e ketchup

veja como evitar desperdiçar alimentos

 

Semelhantes aos enlatados, esses alimentos possuem diversos conservantes que podem fazer muito mal a nossa saúde. O correto é consumir moderadamente esses produtos, que tem validade de aproximadamente um ano.

Para que você tenha consciência do desperdício que ocorre diariamente em sua casa, dê uma olhada na lata de lixo, e veja a grande quantidade de resíduos gerados. Grande parte desse lixo é certamente orgânica, ou seja, composto por restos de alimentos que poderiam ter outra finalidade. Faça sua parte e deixe de lado esses exageros. Coloque em prática a regra dos três “erres”: Reduzir, reutilizar e reciclar.